Visitantes

domingo, 31 de dezembro de 2017

Retrospectiva 2017


Hoje, 31 de dezembro de 2017, escrevo a minha retrospectiva do ano, que foi muito bom, cheio de aventuras, surpresas e emoções. Foi um ano que realizei grandes produções, publiquei onze textos e doze vídeos.

Textos:

01 - Se Ele Não For O Primeiro;
02 - Você Vai Estar Lá;
03 - De Paraguaio A Venezuelano;
04 - Deus, Obrigado,
05 - Um Sentimento Chamado Amor;
06 - Pai Nosso (Our Father);
07 - Então Amanhã, Ontem Será Hoje;
08 - Vontade Sei Lá;
09 - Ei Parceiro, Esse Carro É Meu;
10 - Domingo É Dia de Churrasco;
11 - Retrospectiva 2016

Vídeos:

01 - Oca Christimas;
02 - Kastelo;
03 - Pulse;
04 - Hipnótica 5 Anos;
05 - Flip Out 15 Anos;
06 - Psycotrance;
07 - Music On 3 Anos;
08 - HipnoDreams
09 - Trance Formation;
10 - Progressive Day;
11 - Carnaval Psicodélico;
12 - Reflectiohm

O ano de 2017 foi de grande destaque de minhas redes sociais, esse blog conseguiu ultrapassar dez mil acessos, meu canal no Youtube conseguiu ultrapassar trinta mil acessos. Os textos mais acessados foram: Você vai estar lá, Então amanhã ontem será hoje e Ei parceiro esse carro é meu. Já os vídeos mais vistos foram Harlem Shake PVW, Psycotrance e Acampamento.

Foi o ano que o  mundo celebrou os 500 anos da Reforma Protestante; a economia brasileira da sinal de vida, país derrota a inflação mas não vence o desemprego; A Venezuela enfrenta a fome e a Argentina vive grandes tragédias; milhões fugiram de suas casas em busca de um vida melhor, foram muitas as notícias. E quanto a minha vida, também foram grandes os acontecimentos.

Conheci muita gente, me orgulhei de algumas, de outras só tive decepção. Tiveram acontecimentos inéditos, alguns jamais previstos. Aproveitei o máximo que pude.

Janeiro:  Tive o privilégio de começar o ano participando da Santuário Ecológico.

Fevereiro: Foi em dose dupla no plano psicodélico, compareci na Reflectiohm e Carnaval Psicodélico.

Março: Foi sensacional, estive na Progressive Day, assisti a única missa do ano, na paróquia Divino Espirito Santo, no Guará.

Abril: Muito badalado, realizei o sonho de ir ao Festival TranceFormation, em Corumbá de Goiás - GO, no qual foram três dias de muitas energias positivas, acompanhado de excelentes amigos, foi sensacional.

Maio: Muito agitado, fortalecimento de antigos laços e construção de novos. Retornei ao 5uinto, aproveitando a melhor noite de quinta feira da capital federal.

Junho: Em Goiânia tive o privilégio de ir a HipnoDreams, foi demais. Já em Brasília estive na Warmup do Festival Alterantivo do Kranti - FAK.

Julho: Um dos melhores meses do ano, conheci o Ponto da Elevação Divina, onde tive o privilégio de comungar o sagrado com a irmandade xamânica. Estive na Music On, que mais uma vez não deixou nada desejar.

Agosto: Psycotrance, a maior e mais esperada do ano, momentos inesquecíveis.

Setembro: Eufórico, experimental e festivo, afinal o mês do meu aniversário. Com comemoração em culto na Igreja Metodista da Asa Sul, confraternização no Boteco da Vila e viagem para Chapada dos Veadores, desfrutando a sensacional Alto Paraíso de Goiás - GO.

Outubro: A Sociedade Hípica de Brasília foi contemplada com a Mantra, foi minha primeira vez no evento, só tenho a agradecer, foi ótimo. Viagem sensacional para Pirenópolis - GO, onde aproveitei o melhor da culinária goiana, da arquitetura colonial, belas cachoeiras e pessoas incríveis.

Novembro: De volta a Goiânia, dessa vez para apreciar a Hipnótica, mais um sonho realizado, foi perfeito do começo ao fim.

Dezembro: De volta a cena do house brasiliense, aproveitei a Kastelo e Oca Christimas, seguido de seus badalados after's. Natal tradicional com a família. Encontro anual familiar no restaurante Nau Frutos do Mar e amigo oculto com o pessoal do trabalho na Buffalo Bio Churrascaria, da qual saiu essa foto deste texto, momento de abertura do meu presente.

Enfim, foi um ano muito bom, tenho muito agradecer a todos que de alguma forma contribuíram para isso. Que 2018 seja um ano muito feliz, com grandes realizações. Siga-me no Instagram: instragram.com/EdirNoriega e se inscreva em meu canal no Youtube: youtube.com/EdirRodrigues.

noriega@edirrodrigues.com.br

Forte abraço, paz e luz.

Edir Rodrigues

domingo, 24 de dezembro de 2017

Se ele não for o primeiro


As minhas inspirações são aleatórias, somem ao mesmo instante que aparecem. Tento aproveitá-las ao máximo. Venho pensando em tudo que já vivi e tenho vivido, não posso negar que tenho muito orgulho de mim. Tenho certeza que eu poderia ser melhor, mas meu comodismo talvez seja freio para que tudo não perca o sentido.

Sentido? Mas se o sentido seja apenas a partir de um ponto de vista. Ontem ao deitar, tive uma auto-reflexão, sobre o todo. Me perguntei se somos seres humanos tendo uma experiência espiritual, ou se somos seres espirituais tendo uma experiência humana. As vezes me perco dentro de mim, durmo para não sentir dor, as vezes durmo pensando em não acordar, e acordo pensando em não dormir.

A inquietação como evidência de existência, parte do pressuposto que a humanidade já está condenada a viver a uma eternidade. Sartre já dizia "Não importa o que fizeram com você, o que importa é que você faz com aquilo que fizeram de do você". Frase essa enfática quanto a importância do homem para a existência. Portanto, pensar na vida é impossível excluir a morte, e assim sendo, torna-se angustiante essa incerteza de que tudo isso seja.

Diante da incerteza da eternidade, muitas vezes se pode pensar se há de convir viver uma "vida severina" ou ela despachar. Entretanto há um contraposto, pois toda ação humana se pauta na busca da felicidade, por isso se tornou a felicidade uma temática capciosa e complexa.

Em meio a busca da felicidade, temos a fé como meio de quietar nossas aflições, o que não nos faz deixar de pensar nas incertezas, porém modera a ponto de ser uma luz no fim no túnel. E no meio de tantas opções, apresenta-se Deus encarnado, através do seu Filho, Jesus. E Cristo, sendo filho de Deus, em sua imagem e semelhança, nos faz também semi-deuses, afinal somos homens.

Sendo eu um deus, posso criar através do meu pensamento o mundo, o meu mundo, ou vários mundos e deles nada e ninguém jamais poderá entrar. Sendo Cristo, Deus encarnado, se revela como o detentor do maior tesouro, e a solução para todos os males, o amor. Espera-se que com o amor tudo seja verdade, tudo seja certeza, se vivo no amor sou dono da riqueza.

Hoje, dia 24 de dezembro de 2017, véspera de natal, compartilho convosco essa mesclagem de pensamentos, que vai das inquietações da existência humana ao conforto da apresentação de Cristo como a solução de todos os problemas. Independente de sua crença, desejo que tenha um feliz natal, que Ele, Cristo, o Filho de Deus encarnado, seja o primeiro em seu coração, pois se ele não for o primeiro, não passará de uma ilusão. Que o Grande Arquiteto do Universo, em sua infinita bondade,  o traga  paz e luz. E que Cristo renasça em seu coração não só no natal, mas em todos os dias de sua vida.

Forte abraço, paz e luz.

Edir Rodrigues

noriega@edirrodrigues.com