Visitantes

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Quem diria


Quantas vezes nos surpreendemos com as voltas que a vida dá, quem nunca mudou a visão que tinha sobre algo ou alguém? Isso é vida, é viver. Nesse momento de reflexão vou do profano ao sagrado, tendo como trilha sonora a música  Never Grow Old, interpretada pela norte americana Aretha Franklin, cantora de gospel, R&B e soul, conhecida também como a rainha do soul.

Pois bem, você que tem preguiça de ler, dificilmente irá ao final deste texto. Há uns tempos atrás usei em meu twitter e youtube, a seguinte frase: "Sou fruto de um pensamento, nada que publico aqui pode me definir, porque cada dia acordo mais experiente e diferente daquilo que fui ontem". Logo entenderá o porque da citação.

Na última terça-feria (11 de outubro de 2016, véspera de feriado) fui surpreendido por um amigo ao ser convidado para ir a uma boate aqui em Brasília, a surpresa não foi por ser uma boate, e sim pelo segmento da mesma, que é LGBT. O indaguei se tinha conhecimento do segmento da boate, ele disse que sim, e não via problema em irmos, que um casal amigos nosso e seu irmão  também iriam. A princípio hesitei, porém logo aceitei o convite, pois o mesmo me convenceu que não haveria problemas em irmos a tal local, que o fato de todos sermos héteros não era impedimento.

Ao chegarmos no local ficamos surpresos, não é bagunça como muitos pensam de locais LGBT, muito pelo contrário, não vimos brigas, nem falta de respeito com ninguém, e acreditem, assim como nós, haviam outros héteros. Na volta para casa, em conversa, nós cinco, chegamos a conclusão que é muito fácil julgar algo ou alguém quando não se conhece. Preconceito é ter um conceito de algo sem conhecê-lo. Portanto, assim que oportuno, voltaremos.

O local é muito bom, cheio de pessoas bonitas e alto astral, músicas dançantes e contagiantes, pessoas felizes. E quem perde tempo não aceitando a vida alheia e se incomodando com ela, deixo meu recado: Viva sua vida, antes de julgar alguém conscientize que você também pode ser julgado. Viva a diversidade e deixe cada um viver de sua forma, não se esqueça que se você não é pai, tio, avô, primo e etc, uma dia provavelmente será, e que nada vida estamos sujeitos a qualquer tipo de situação, basta estarmos vivos.

A Victória Haus é uma boate de excelente estrutura, tem duas pistas e programação bastante diversificada. Pelo que pesquisei, recomendo a programação dos sábados e vésperas de feriados, pois toca tribal house, um som contagiante. Fiquei surpreso com etimologia do nome da casa, Victoria (do latim, "aquela que vence") é uma palavra que evoca boas energias e significa a conquista de um projeto ousado. Haus (casa em alemão).

Está localizada no SAAN (Setor de Armazenagem e Abastecimento Norte) região que possui largas vias de acesso asfaltadas e iluminadas, com ampla área para estacionamento. o SAAN fica na Epia Norte, ao lado da antiga rodoferroviária, no início do eixo monumental, está a apenas oito minutos do centro da capital federal. Endereço: SAAN, Quadra 01, Lote 930, Brasília - DF.

Gostei muito da frase ("Do camarote quase não da pra te ver") da pulseira que colocaram em meu braço para entrar na casa. Que façamos do mundo um lugar melhor, de mais amor, de menos preconceito e intolerância.  Que o Grande Arquiteto do Universo, em sua infinita bondade vos ilumine, hoje e sempre.

Forte abraço.

Edir Rodrigues

2 comentários:

Leyde Laura disse...

Parabéns belo texto. ;)

NandoOliveiraCosmo disse...

Parabéns!
Muito bom o texto.
Adoramos.
Abraços